Continua após a publicidade..

O planejamento do paisagismo do quintal da frente de uma casa é essencial para criar um ambiente acolhedor e harmonioso, que dê as boas-vindas aos visitantes. Considerar elementos como a orientação solar, o tamanho dos canteiros, o bioma local e as preferências dos moradores é fundamental, conforme destacam os especialistas Rafael Vidal e Fábio Assef. Além disso, a escolha das espécies vegetais e o cuidado com a volumetria do jardim são aspectos que contribuem para o sucesso do projeto.

A variedade e disposição das plantas, a integração com a arquitetura da residência e a criação de diferentes níveis de vegetação são alguns dos pontos que merecem atenção na elaboração do paisagismo do quintal da frente. Projetos bem-sucedidos como os apresentados, que equilibram estética, funcionalidade e sustentabilidade, podem servir de inspiração para criar um espaço verde que valorize não apenas a casa, mas também o entorno e a experiência dos moradores e visitantes.

Continua após a publicidade..

Tudo o que você precisa saber para planejar o paisagismo do seu quintal da frente!

Orientações de especialistas para o planejamento do paisagismo

Para o arquiteto-paisagista e professor Rafael Vidal, é essencial considerar diversos fatores, como a orientação solar do jardim, o tamanho dos canteiros, o bioma e ecossistema local, os usos diurnos e noturnos do espaço, entre outros.

Escolha das espécies e sua disposição no jardim

Continua após a publicidade..

O arquiteto-paisagista Fábio Assef sugere uma disposição das espécies em curva ascendente em direção à casa, respeitando o clima da região e a disponibilidade para a manutenção do jardim. É importante evitar espécies de porte muito grande que possam esconder a fachada com o passar dos anos.

Seleção de plantas e árvores adequadas

É recomendado trabalhar com pelo menos três níveis de porte de vegetação, escolhendo espécies que criem um ambiente acolhedor. Para casas tropicais, são indicadas plantas como maranta-charuto e jasmim-manga, enquanto para estilos mais clássicos, kaizuka e agapanto são boas opções.

Criação de um jardim harmonioso e equilibrado

É aconselhável escolher espécies contrastantes entre si para deixar o jardim mais rico e interessante, sem exagerar na diversidade. Um paisagismo com menor variedade de espécies e touceiras mais volumosas é elegante e bonito, segundo especialistas.

Inspire-se em 7 projetos de paisagismo para transformar o seu quintal em um verdadeiro oásis verde!

Inspire-se em 7 projetos de paisagismo para transformar o seu quintal em um verdadeiro oásis verde!

1. Casa Francez – Trancoso (BA)

Localizada em Trancoso (BA), a Casa Francez, de 250 m², foi projetada por Conrado Ceravolo, com paisagismo do Studio da Paisagem. A sua fachada, com paredes pintadas de branco, destaca o detalhe azul-turquesa das portas e o verde que se estende no quintal e rodeia a piscina.

2. Apartamento na Vila Nova Conceição – São Paulo (SP)

Ambientes integrados, confortáveis, contemplativos e com muito verde eram o desejo do casal de moradores deste apartamento de 650 m² na Vila Nova Conceição, em São Paulo (SP), que ganhou ares de casa após a reforma feita pelo arquiteto Alexandre Dal Fabbro. O paisagismo, assinado por Bia Abreu, traz grama-amendoim e espécies de variados portes dispostas em platôs, para dividir o peso da terra sobre a laje.

3. Casa no Jardim Paulistano – São Paulo (SP)

Um jardim com espaço para os filhos brincarem e jogarem bola era um dos pedidos para o projeto desta casa de 400 m², localizada no Jardim Paulistano, em São Paulo (SP). A vegetação, que ali dá vida ao quintal, também é emoldurada pelas esquadrias da sala, integrada à área da churrasqueira. O projeto é do escritório Ambienta Arquitetura, com paisagismo da paisagista Patricia França.

4. Casa em São Paulo – MAB3 Arquitetura

No projeto desta casa de 350 m², localizada em São Paulo e projetada pelo escritório MAB3 Arquitetura, o jardim se integra às áreas internas através das portas retráteis. Assinado por Gil Fialho, o paisagismo contribui para a harmonia do espaço, que possui uma piscina com prainha e um lounge rebaixado todo de madeira.

5. Vila de casas em Nísia Floresta – Rio Grande do Norte

Para descansar com a sua família nos fins de semana, o empresário potiguar Uelinton Ribeiro chamou o arquiteto Felipe Bezerra, seu sócio com o designer André Gurgel no estúdio Mula Preta, para projetar uma vila de casas em um terreno de 7.571 m² em Nísia Floresta, no interior do Rio Grande do Norte. A fachada do living, fechada por painéis de vidro, volta-se ao jardim, que é repleto de verde e tem também uma piscina.

6. Projeto do paisagista Odilon Claro

O quintal de 24 m² ganhou vida após o projeto do paisagista Odilon Claro, do escritório Anni Verdi. Para repaginar o local, ele optou por inserir novas cores e reaproveitar objetos que os moradores já tinham, como a mesa de refeições e o banco de madeira e ferro, que ganhou algumas demãos de tinta nas cores verde e uva.

7. Casa do apresentador Vítor diCastro – São Paulo (SP)

A casa do apresentador, ator e influenciador Vítor diCastro e seu marido, o jornalista e videomaker Vinícius Cordeiro, conta com um quintal amplo e arejado que chama atenção pelas espreguiçadeiras, o guarda-sol e um banco de madeira. Os elementos, escolhidos pelos próprios moradores, criam um ambiente aconchegante para aproveitar os dias ensolarados na capital paulista.

«
»