Continua após a publicidade..

O ipê amarelo, uma das flores mais marcantes da flora brasileira, é nativo da Mata Atlântica e foi eleito a flor símbolo do Brasil em 1961. Com sua beleza exuberante e variedade de cores, essa árvore é muito apreciada por sua resistência e impacto visual, conquistando admiradores em todo o país.

Para cultivar o ipê com sucesso, é importante seguir algumas orientações, como escolher o recipiente adequado, garantir bastante sol e espaço para crescimento, além de cuidados específicos com rega, adubação e poda. Com orientações da paisagista Renata Guastelli, é possível apreciar a beleza e grandiosidade dessa árvore típica do cenário brasileiro, contribuindo para a preservação e valorização de nossa flora nativa.

Continua após a publicidade..

Desvendando os segredos para cultivar um belo jardim com ipê amarelo!

Beleza exuberante do ipê

De beleza exuberante, o ipê é uma flor marcante da flora brasileira, nativa da Mata Atlântica. Não é a toa que o ipê amarelo foi declarada a flor símbolo do Brasil em 1961, pelo então presidente Jânio Quadros (a árvore nacional é o pau-brasil).

Escolha do recipiente e germinação das sementes

Continua após a publicidade..

Renata Guastelli sugere o uso de recipientes de barro para uma boa aeração das raízes. As sementes devem germinar entre 10 e 12 dias após o plantio.

Local e solo ideais para o ipê amarelo

O ipê amarelo necessita de um local com bastante Sol e espaço, devido à sua altura que pode ultrapassar os 25 metros. O solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica.

Cuidados com rega, adubação e poda

A rega deve ser moderada para manter o solo úmido, sem encharcar. A adubação com fertilizante rico em fósforo na primavera e verão estimula a floração. A poda no inverno é essencial para remover galhos secos e doentes, além de dar forma à copa.

Conheça as orientações essenciais da paisagista para o sucesso no cultivo do ipê.

Conheça as orientações essenciais da paisagista para o sucesso no cultivo do ipê.

Beleza exuberante do ipê

O ipê é uma flor marcante da flora brasileira, nativa da Mata Atlântica. Foi declarada a flor símbolo do Brasil em 1961. A árvore pode atingir de 5 a mais de 25 metros de altura e possui diversas espécies com cores que variam do branco ao roxo.

Local e solo ideais

O ipê deve ser plantado em um local com bastante Sol e espaço. O recipiente de barro é o mais adequado, permitindo uma boa aeração das raízes. O solo deve ser bem drenado e rico em matéria orgânica.

Cuidados com rega e adubação

A rega deve ser moderada para manter o solo úmido, sem encharcar. A adubação com fertilizante rico em fósforo, que estimula a floração, deve ser feita na primavera e no verão. A poda, para remover galhos secos e doentes, deve ser realizada no inverno para dar forma à copa.

«
»